COVID - 19

Garanta a
segurança
dos seus
colaboradores

SOLICITAR TESTE

O que são testes rápidos?

Esse termo vem sendo usado popularmente para os testes imunocromatográficos. No caso dos testes rápidos para o novo coronavírus, são dispositivos de uso profissional, manuais, de fácil execução, que não necessitam de outros equipamentos de apoio, como os que são usados em laboratórios, e que conseguem dar resultados entre 10 e 30 minutos.

O que são os testes rápidos
de anticorpos IgM e IgG?

Os testes rápidos para detecção qualitativa de anticorpos IgM e IgG contra o vírus SARS-CoV-2 são testes imunocromatográficos que auxiliam o mapeamento da população “imunizada” (que já teve o vírus ou foi exposta a ele), mas não têm função de diagnóstico. O resultado desse teste é usado como referência clínica e não como única base de diagnóstico para tratamento clínico. O manejo clínico dos pacientes deve ser considerado em combinação com os sintomas, sinais, histórico médico, outros exames laboratoriais e reações ao tratamento.

O que são os testes rápidos
de antígeno?

Os testes rápidos para detecção qualitativa do antígeno SARS-CoV-2 são testes imunocromatográficos que auxiliam na triagem, possibilitando um diagnóstico rápido e seguro da infecção pelo novo coronavírus. Como vantagem, a rapidez na liberação desses resultados permite agilidade na conduta terapêutica.

Veja o manual para utilização do kit
Guia rápido

Como os testes rápidos da In Vitro são feitos?

O kit de SARS-CoV-2 IgM/IgG é um ensaio imunocromatográfico (teste rápido) para a detecção qualitativa de anticorpos IgM e IgG contra o vírus SARS-CoV-2 em amostras de soro, plasma e sangue total.

O kit de SARS-CoV-2 Ag InviTest é um ensaio imunocromatográfico (teste rápido) para a detecção qualitativa do antígeno SARS-CoV-2 em amostras de swab de nasofaringe, swab de orofaringe ou escarro.

Quando e qual teste utilizar?

Os testes diagnósticos são uma importante medida de controle, considerando que não existe ainda a vacina contra o COVID-19. Para a maior confiabilidade dos resultados é preciso saber qual o teste mais indicado para cada suspeita ou fase da doença.

Teste Rápido para detecção do antígeno SARS-CoV-2 (COVID-19): Considerando a carga viral no organismo, o ideal é realizar esse teste entre o 6° e 22° dia de sintoma. O SARS-CoV-2 Ag InviTest da In Vitro é um kit de fase aguda com resultado confiável devido a sua alta sensibilidade e especificidade, pode ser realizado utilizando 3 tipos de amostra (swab de nasofaringe, swab de orofaringe e escarro) e o resultado fica pronto em 20 minutos.

Teste Rápido para detecção de anticorpo IgM/IgG contra o antígeno SARS-CoV-2 (COVID-19): Considerando a produção de anticorpos no organismo, o ideal é realizar esse teste após o 10° dia de sintomas. Ainda na fase aguda, haverá produção de anticorpos IgM. Já o IgG, em se tratando de um anticorpo de memória, poderá ser detectado por longo período, indicando que o paciente já teve contato com o vírus. O kit SARS-CoV-2 IgM/IgG da In Vitro é um kit de resultados confiável devido a sua alta sensibilidade e especificidade, a coleta de amostra é menos invasiva (punção venosa ou digital) e o resultado fica pronto em 10 minutos.

Teste de PCR para detecção de antígeno SARS-CoV-2 (COVID-19): Considerando a carga viral no organismo, o ideal é realizar esse teste após o 5° dia de sintoma. Apesar de ser considerado padrão ouro, o seu resultado só tem sido liberado entre 2 e 4 dias.

VOCÊ

SABE!

Como a transmissão do coronavírus ocorre tanto por vias respiratórias quanto pelo contato, devemos ter atenção com alguns gestos e atitudes durante o dia a dia. Saiba mais

LAVAR AS MÃOS

Lave as mãos com água e sabão seguindo a etiqueta de higiene. Caso não seja possível, pode ser feito uso de álcool gel.

USO DE MÁSCARA

Utilize máscara ou cobertura sobre o nariz e a boca de forma individualizada, como base de proteção coletiva uma vez que muitas pessoas estão infectadas e não possuem sintomas da doença.

TOSSE E ESPIRRO

Cubra o nariz e a boca ao espirrar ou tossir, seja com um lenço ou com o antebraço, mas nunca com as mãos.

EVITE AGLOMERAÇÕES

Evite lugares com muita gente, principalmente se estiver doente.

OBJETOS PESSOAIS

Não compartilhe objetos pessoais com ninguém, como pratos, talheres, entre outros.

AMBIENTES AREJADOS

Mantenha os ambientes bem ventilados, afinal, lugares fechados não permitem a circulação do ar e são propensos a propagar o vírus.

FAÇA SEU

PEDIDO!

FRETE GRÁTIS PARA TODO O BRASIL EM PEDIDOS ACIMA DE 1000 UNIDADES.